segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Just passing by...


to say hello to Autumn... e o bolo a fazer lembrar esta estação mas a temperatura continua de Verão acho que ainda faço praia em Outubro LOL e pra deixar os Parabéns a minha irmã mais velha mesmo longe, com nossas zangas Feliz Aniversario e Força também tás a precisar... Beijinhos blogueiros boa noite

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

MAis um Estudo interessante ou nao...

Tamanho nao significa qualidade sempre ouvi dizer... fiquem com esta frase.

Testículos pequenos, pais carinhosos

Publicado ontem no jornal noticias J.M.G.


A disponibilidade dos homens para tratar de filhos bebés pode estar relacionada com o tamanho dos seus testículos, diz um estudo de cientistas americanos ontem divulgado pela revista "Proceedings of the National Academy of Sciences".A tese conclui que indivíduos com testículos maiores colaboram menos em tarefas como dar banho ao bebé, trocar fraldas ou embalá-lo no sono do que indivíduos com testículos mais pequenos.

O estudo, efetuado por três cientistas da Universidade de Emory, de Atlanta, e liderado por uma mulher, Jennifer Mascaro, analisou o comportamento de 70 homens pais, tendo cruzado as respostas com o volume dos seus testículos, medidos através de imagens de ressonância magnética.

A conclusão sugere que quanto menor é o volume testicular, maior é a aptidão para cuidar de bebés (o tamanho do par de testículos nestes 70 homens variou entre 18 e 60 centímetros cúbicos, sendo a média de 38 cm3).

Os cientistas também pediram aos homens para olharem para fotografias dos seus bebés ao mesmo tempo que lhes era analisada a atividade emocional no cérebro. Conclusão: os homens com testículos maiores emocionam-se menos do que os outros.

Estes resultados vão de encontro às teses dos adeptos da biologia evolutiva: os machos dotados de grandes testículos estarão mais interessados em acasalar e fecundar fêmeas, enquanto os de testículos menores se empenham mais em criar os bebés. Mas ambos defendem o mesmo objetivo: garantir a sobrevivência da sua espécie.

Juba mais pequena e pouco densa...


e pronto e isto... so mais um post sem interesse