sábado, 6 de abril de 2013

Desabafo


Podia ser num banco de jardim como estava a pouco. decidi sair porta fora e procurar alguma paz, tomar folego pra continuar, um consolo talvez, mas so tive a luz que iluminava a noite, as estrelas e a madeira gasta do banco de jardim. a certa altura correm as lagrimas, mas passa, passa sempre mas ta a encher o saco. ja n aguento as criticas a briga com a mae o emprego que teima em nao surgir e uma vida que nao me satisfaz mas me prende. faz falta qualquer coisa, uma mudança, um colo, um abraço mas so me resta a cama e o aconchego da minha almofada agora que o corpo voltou pro tecto onde vive mas a alma pode ter ficado em um qualquer lugar junto com as lagrimas que deitei.

1 comentário:

  1. acabadinho de publicar:) beijokinhas e bom domingo, tudo se há-de resolver pelo melhor!!

    ResponderEliminar