quinta-feira, 7 de junho de 2012

you Can Put the blame on me




Você sempre esteve aí pra mim, sempre aturou, consolou, foi ombro amigo companheiro bom ouvinte. Mas agora aquela sensaçao do fim que cansou não quer mais, por minha causa, por minha culpa. as vezes acho so faço mer... mesmo. atrofio, maltrato sem dever, desculpa-me. deixo-me levar também por medos e receios, pensamentos, complicações da minha cabeça algumas, duvidar das coisas e de mim, será que sou em quem queres ou vai ser tudo como os outros? será que o que sinto é suficiente? e a distancia que faço?mas como t disse acima de tudo o que aconteça ou nao n quero perder a amizade. e também ja chorei mas tb sorri ctg com as tuas palavras com as tuas mensagens com os nomes kidos gosto. a senhorita princesa agradece :D

Sem comentários:

Enviar um comentário