terça-feira, 1 de maio de 2012

Beijo Roubado



Um beijo repentino, solto e selvagem. Um beijo acompanhado por um forte abraço, um encontro fugaz com o outro corpo diante de nós, sem ser programado, sem plano nem roteiro, mais genuíno, mais verdadeiro.
Arriscado também… Uma bofetada ou uma declaração de reciprocidade amorosa? Para quem recebe é a surpresa, seguida da indignação ou da confissão de amor.
Ser surpreendido, tão bom, complexo. E ate uma próxima ficará sempre a duvida,do seu significado, do que puderá vir dai, do que puderei sentir. Não sei, continuo com a duvida mas so quero que seja bom e único. E que saiba corresponder ou sentir o mesmo que o outro… ate lá vamos sonhando, se é ele que comanda a vida como dizem…

Sem comentários:

Enviar um comentário